O que o brasileiro pensa?
25 de maio de 2020, 12h06

Alvo de inquérito, Bolsonaro faz visita surpresa à PGR e Augusto Aras

O inquérito sob os cuidados da PGR apura as acusações feitas por Moro de que o presidente interferiu indevidamente na PF para proteger aliados

Bolsonaro, Aras e Moro (Foto: Presidência da República)

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) se convidou para ir, fora da agenda, na manhã desta segunda-feira (25), à Procuradoria-Geral da República (PGR). Bolsonaro é alvo de um inquérito do órgão que apura suspeita de interferência na Polícia Federal,

Bolsonaro acompanhava a solenidade de posse do subprocurador Carlos Alberto Vilhena no cargo de Procurador Federal dos Direitos do Cidadão do Palácio do Planalto, via videoconferência. Ao fim da cerimônia, o procurador-geral Augusto Aras o questionou se gostaria de falar algo. O presidente, então, “se convida” para ir pessoalmente à sede da PGR “apertar a mão” do novo subprocurador. 

“Se me permite a ousadia, se me convidar, eu vou agora aí apertar a mão do nosso novo colegiado maravilhoso da Procuradoria-Geral da República”, disse Bolsonaro. Aras concorda de imediato. “Estaremos esperando Vossa Excelência com a alegria de sempre.”

Bolsonaro tirou fotos e cumprimentou os presentes, incluindo Aras. A visita durou cerca de 15 minutos.

O inquérito sob os cuidados da PGR apura as acusações feitas pelo ex-ministro da Justiça Sérgio Moro de que o presidente interferiu indevidamente na PF para proteger aliados.

Com informações do Estadão


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum