O que o brasileiro pensa?
27 de maio de 2020, 15h27

Annielle Franco critica possível federalização do Caso Marielle e Anderson e cita Ronnie Lessa e Élcio Queiroz

"O rombo que sinto no coração ao olhar o rosto de minha mãe aqui do meu lado assistindo esse julgamento e comentando o quanto ela lutou p criar a gente e no final ter uma filha assassinada da maneira que foi", desabafou a irmã da ex-vereadora

Reprodução/Instagram

Anielle Franco, irmã de Marielle Franco e diretora do Instituto que homenageia a vereadora assassinada em 2018, criticou a possibilidade de federalização do caso Marielle e Anderson nas redes sociais nesta quarta-feira (27).

“Sabem quem é a favor da federalização do caso Marielle e Anderson? Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, apontados como executores do crime. Mais um motivo para não federalizar e manter as investigações no RJ”, tuitou.

“O rombo que sinto no coração ao olhar o rosto de minha mãe aqui do meu lado assistindo esse julgamento e comentando o quanto ela lutou p criar a gente e no final ter uma filha assassinada da maneira que foi! Eu não desejo isso a nenhuma família! Nenhuma!”, desabafou.

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) está julgando se o caso Marielle Franco vai deixar o Ministério Público do Rio e a Polícia Civil para ser comandado pela Polícia Federal.

Um dos pontos questionados pela família da ex-vereadora é a ligação de Bolsonaro com diversos suspeitos de envolvimento no crime. Ronnie Lessa e Élcio Queiroz, citados por Anielle, são apontados como próximos do Clã Bolsonaro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum