#Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de outubro de 2018, 20h24

Antes do primeiro pronunciamento, Bolsonaro chama Magno Malta para orar

Bolsonaro disse que venceu as eleições com "grande parte da grande mídia criticando, colocando-me numa situação vexatória"

Foto: Reprodução YouTube

Antes de invocar diversas vezes a palavra Deus em seu discurso da vitória, na noite deste domingo (28), o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) chamou o senador Magno Malta, um dos principais articuladores de sua campanha, para uma oração.

Malta, que é pastor evangélico, disse ao iniciar que “os tentáculos da esquerda jamais seriam arrancados sem as mãos de Deus” e encerrou com o slogan da campanha: “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”.

Citando o livro bíblico de João, versículo 8:23 – “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” -, e conclamando o “exército” que o elegeu em seus discursos, Bolsonaro criticou a mídia e os opositores no pronunciamento pelas suas redes sociais.

Ao falar de sua campanha, o capitão da reserva disse que os eleitores passaram a ser “integrantes de um grande exército, que sabia onde o Brasil estava marchando”. “Não podíamos mais continuar flertando com o comunismo, socialismo e o extremismo que a esquerda estava nos levando.”

Ignorando as suspeitas de financiamentos milionários feitos por empresários via caixa 2 para impulsionando de fake news nas redes sociais, Bolsonaro disse que venceu as eleições com “Grande parte da grande mídia criticando, colocando-me numa situação vexatória”.

Ao final, em tom quase de continência, Bolsonaro afirmou, sobre sua vitória: “Missão não se escolhe, nem se discute, se cumpre”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum