Antonia Pellegrino, reitor da UERJ e pró-reitora de Extensão e Cultura da instituição se filiam ao PT com a “bênção” de Lula

"O PT recebe com braços e coração abertos seus mais novos filiados", disse a presidenta do partido, deputada Gleisi Hoffmann

Além dos encontros com lideranças políticas, a ida do ex-presidente Lula ao Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (10), foi marcada por uma cerimônia de filiação de três pessoas: a escritora e roteirista Antonia Pellegrino, o atual reitor da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Ricardo Lodi, e Claudia Gonçalves, pró-reitora de Extensão e Cultura da da instituição.

“O PT recebe com braços e coração abertos seus mais novos filiados. Todos abonados por Lula”, anunciou, através das redes sociais, a presidenta nacional do partido, deputada Gleisi Hoffmann (PR).

Confira.

Encontro político

O ex-presidente Lula foi ao Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (10), e se encontrou com lideranças políticas de partidos de esquerda. A reunião contou com a presença, além do petista e da presidenta do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), dos deputados federais Marcelo Freixo (PSOL-RJ), Alessandro Molon (PSB-RJ), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), André Ceciliano (PT-RJ), presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), e o deputado estadual Carlos Minc (PSB-RJ).

“Cheguei, Rio de Janeiro. Revendo os grandes companheiros e tanta gente que luta todos os dias por um Brasil bem melhor”, escreveu o ex-presidente ao divulgar fotos do encontro.

A reunião entre os políticos acontece em meio a especulações sobre uma aliança eleitoral pela disputa do governo do estado do Rio de Janeiro em que Marcelo Freixo seria o candidato. O psolista, inclusive, estaria cogitando ir para o PSB de Minc e Molon – o último, inclusive, já havia feito reunião com Freixo na quarta-feira (9).

“Com Lula para mudar a história do Rio”, escreveu o deputado do PSOL na legenda de uma foto com o petista. No início de maio, ambos já tinham se reunido em Brasília.

Segundo o deputado estadual Carlos Minc (PSB-RJ), Freixo estaria de malas prontas para o partido visando a formação de uma “Frente Democrática de Resistência” para o governo do Rio em 2022, que poderia unir PSB, PT, PCdoB, PSOL e PSD.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.