Ao encerrar viagem a Cuba, Lula diz que “Trump deixa impressões digitais terroristas”

O ex-presidente divulgou carta entregue a Miguel Díaz-Canel e Raúl Castro durante encontro realizado nesta terça

O ex-presidente Lula visitou o presidente Cuba, Miguel Díaz-Canel, e o ex-presidente Raúl Castro, 1º secretário do Partido Comunista de Cuba, nesta terça-feira (19) pouco antes de deixar o país caribenho rumo ao Brasil. O ex-líder sindical estava na ilha participando de um documentário.

Lula entregou às autoridades cubanas um documento em que condena a inclusão da ilha na lista de países patrocinadores do terrorismo, promovida pelo presidente não-reeleito dos Estados Unidos, Donald Trump, no apagar das luzes de seu governo.

“Donald Trump sai da História pela porta dos fundos e demonstra mais uma vez o homem vil que é, em uma manobra desprezível e oportunista, carregada da principal marca de sua administração: a mentira. Manifesto minha solidariedade a Cuba, à Revolução e ao povo cubano. E reitero meu repúdio a mais essa sordidez, que tem por único objetivo a tentativa de asfixiar nossa Ilha, reforçando o bloqueio e as agressões a ela impostos há mais de seis décadas”, diz trecho da carta do ex-presidente.

“Cuba está aí, íntegra, decente, exemplo para o mundo daquela que é maior de todas as virtudes, a solidariedade humana. Quem deixa na História impressões digitas terroristas são eles, Trump e seus asseclas”, afirma.

Segundo o ex-presidente, este último mês em que esteve no país “só fez crescer minha profunda admiração pelo zelo com que Cuba tem enfrentado esta praga terrível da Covid, protegendo seus cidadãos e ajudando a salvar milhares de vidas com o envio de médicos mundo afora”.

Lula estava desde dezembro na ilha para participar do documentário do cineasta Oliver Stone sobre a trajetória do ex-presidente e as crises democráticas na América Latina.

“Quanto mais conhece Cuba mais o mundo está de mãos dadas a ela, condenando a covarde perseguição tirana do Império”, declara.

Confira aqui a carta na íntegra

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR