terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Ao lado de Eduardo Bolsonaro, presidente da Embratur fala em “pandemia bíblica”

O presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, apareceu nesta quarta-feira (15) em vídeo ao lado do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) comentando sobre a demora na criação do partido Aliança Pelo Brasil, promovido pelo presidente Jair Bolsonaro, e culpou a pandemia.

“Essa semana os jornais todos disseram que o Aliança não vai sair, que está com poucas assinaturas… Todo mundo sabe que estamos tento problema com a pandemia bíblica que o Brasil está passando”, afirmou Machado.

Segundo ele, que é coordenador do grupo no Nordeste, o Aliança vai sair e vai se tornar “o maior partido da América Latina”. “Pode confiar nisso, estamos mais fortes do que nunca”, declarou.

O filho do presidente ainda disse para seus apoiadores “não caírem nos enredos da imprensa”. “O nosso pessoal continuar subindo as fichas no TSE. Se a gente se afobar, não vai adiantar de nada”, disse.

Machado Neto ganhou os holofotes nas últimas semanas após participar das lives semanais do presidente Jair Bolsonaro tocando sanfona.

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.