Apenas 37% da Bancada do PSL defende Bolsonaro

Somente 20 dos 53 deputado do PSL assinaram carta de apoio ao presidente Jair Bolsonaro, demonstrando que se ele saísse do partido, sua base minguaria

Um grupo de 20 deputados federais do PSL aparece como signatário de uma carta de apoio ao presidente Jair Bolsonaro em meio à conturbada relação dele com o presidente nacional da sigla, o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE). Apesar de parecer expressivo, esse número representa bem menos da metade dos 53 deputados que compõem a bancada do partido na Câmara.

“Mas para que o partido contribua para o estabelecimento de uma nova política, é preciso que a atual direção adote novas práticas, com a instauração de mecanismos que garantam absoluta transparência na utilização de recursos públicos e democracia nas decisões”, diz trecho da nota.

Entre os signatários estão Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Carla Zambelli (PSL-SP), Alê Silva (PSL-MG) – que disse que deixaria a sigla -, Daniel Silveira (PSL-RJ) – vice líder da bancada  – e Vitor Hugo (PSL-GO) – líder do Governo na Câmara. Entre as ausências está a deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP), líder do Governo no Congresso, que disputa com a família Bolsonaro a candidatura para a prefeitura de São Paulo.

Bolsonaro tinha cogitado deixar o partido, mas desistiu após perceber que não tinha o apoio que esperava ter. A ausência de nomes nesta carta comprova que a maioria da bancada segue do lado de Luciano Bivar.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR