Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
07 de fevereiro de 2020, 11h58

Após briga, Regina Duarte demite “reverenda” ligada à igreja de Damares Alves

Nesta semana, a atriz começou a se desentender com a principal assessora, a chamada reverenda Jane Silva, que quis exonerar funcionários e tomar decisões sem falar com a chefe

Regina Duarte e a "reverenda" Jane (Reprodução)

A atriz Regina Duarte, secretária de Cultura do governo Bolsonaro, determinou nesta sexta-feira (7) a exoneração da pastora Jane Silva, que atuava como número dois da Secretaria Especial da Cultura.

A decisão foi confirmada pelo ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, a quem a pasta está vinculada.

Criticada pelos filhos João e Gabriela Duarte e pelos irmãos por ter dito “sim” ao “casamento” com Jair Bolsonaro, Regina Duarte viveu seus primeiros atritos na Secretaria de Cultura do governo.

Nesta semana, a atriz começou a se desentender com a principal assessora, a chamada reverenda Jane Silva, que quis exonerar funcionários e tomar decisões sem falar com a chefe.

Secretária-adjunta, Janicia Ribeiro Silva, que é conhecida como “reverenda” na Igreja Batista da Lagoinha, também frequentada pela ministra Damares Alves, foi escalada para ser a sombra de Regina e tem passado por cima da atriz nas atribuições da pasta.

As críticas que a atriz recebeu da família foi justamente em relação a isso. Segundo a revista Veja, Regina tem fama de “avoada” e coração mole e estaria habituada passar horas a fio nas redes sociais, vendo vídeos e memes. O receio dos filhos e dos irmãos é que ela não aguente a guerra política no Planalto.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum