Fórum Educação
02 de abril de 2020, 06h32

Após fake news da Ceasa, Bolsonaro ataca Globo e diz que imprensa dissemina pânico

Novo ataque vem após presidente publicar vídeo fake criando clima de terror sobre um suposto desabastecimento na Ceasa de Belo Horizonte

Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR)

O presidente Jair Bolsonaro foi às redes sociais na madrugada desta quinta-feira (2) para mais uma vez atacar a imprensa, dizendo que a mesma dissemina pânico e histeria sobre a pandemia do coronavírus. Publicação vem pouco tempo depois do presidente mentir nas redes sobre um falso desabastecimento na Ceasa de Belo Horizonte.

Presidente seguiu na mesma linha de seu discurso em rede nacional e atacou a TV Globo se referindo a ela como “determinada emissora” que tenta enganar a população.

“Não há mudança de tom quando se fala em salvar vidas após alertar sobre histeria, como sugere determinada emissora. Ela sabe que ambos são problemas coexistentes e que precisam ser combatidos pelo bem estar do Brasil, mas prefere tentar enganar a população”, escreveu no Twitter.

O presidente continua os ataques dizendo que seu governo está combatendo o pânico gerado pela imprensa. “Estamos, desde o início, reforçando nosso sistema de saúde e dando total apoio aos estados e municípios do Brasil para salvar vidas e proteger empregos, ao mesmo tempo em que combatemos o pânico disseminado por todo país com grande contribuição de parte da imprensa”, disse.

Apesar de falar em combate ao pânico, presidente foi às redes sociais mais cedo na quarta-feira (1) e criou um clima de terror ao divulgar um vídeo falso. Nele, um bolsonarista diz estar na Ceasa de Belo Horizonte e aponta risco de desabastecimento, culpando governadores.

“Fome também mata. Fome, desemprego, caos também matam. E pra você que está com a continha no banco, que tem dinheiro no banco, que acha que está tudo bem porque você tem reserva financeira, não esqueça: quem não tem dinheiro passa fome, mas quem tem dinheiro e não tem o que comprar, também passa fome”, diz o rapaz.

O vídeo era falso e Bolsonaro foi desmentido pelo apresentador da CBN, Milton Jung. O jornalista afirmou em seu Twitter que a reportagem da rádio foi até o local e constatou que tratava-se de mais uma fake news do presidente.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum