Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de fevereiro de 2020, 15h16

Após militares preverem guerra com França, PF diz que ministros serão vítimas de terrorismo

Toffoli encaminhou aos outros magistrados um ofício sigiloso, o qual informa que uma célula terrorista pode estar preparando “agressões contra ministros deste tribunal”

STF (Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

Depois da divulgação de um documento, no qual a cúpula militar brasileira elenca como “ameaças” para os próximos 20 anos uma guerra contra a França pela Amazônia, agora a Polícia Federal (PF) prevê ameaças terroristas contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

O ministro Dias Toffoli, presidente da Corte, encaminhou aos outros magistrados um ofício sigiloso. O documento diz que uma célula terrorista pode estar preparando “agressões contra ministros deste tribunal”, de acordo com informações da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

A mensagem foi repassada pela PF ao ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito que investiga ataques ao STF.

Segurança pessoal

Ele então transmitiu a informação a Toffoli, que enviou um documento aos colegas, recomendando que, diante da gravidade do alerta, “reforcem a segurança pessoal nas atividades cotidianas”.

Os supostos terroristas teriam afirmado que os ministros mantêm uma rotina que facilita o contato físico e visual. Por isso, seriam autoridades de fácil acesso a ataques.

A mensagem teria sido captada em janeiro, na deep web.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum