Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de julho de 2019, 09h32

Após novas denúncias da Vaza Jato, “#AcabouDeltan” e “Lula” são os assuntos mais comentados nas redes sociais

"#AcabouDeltan" se tornou o assunto mais comentado no Twitter após publicação de nova matéria da Vaza-Jato, citando um esquema do procurador para lucrar com a fama da Operação Lava Jato

Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Na manhã deste domingo (14), a hashtag #AcabouDeltan e o nome do ex-presidente Lula se tornaram os assuntos mais comentados do Twitter. Isso ocorreu por conta dos novos vazamentos divulgados pelo The Intercept Brasil e pela Folha

Segundo as novas mensagens da Vaza-Jato, o procurador da República Deltan Dallagnol desenhou um modelo de eventos e palestras para lucrar com a fama obtida durante as investigações da operação Lava Jato, da qual ele era coordenador.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

As mensagens vazadas mostram Deltan conversando com a esposa dele: “Vamos organizar congressos e eventos e lucrar, ok? É um bom jeito de aproveitar nosso networking e visibilidade”.

Na época, as palestras de Deltan chamaram a atenção dos deputados federais Paulo Pimenta (PT-RS) e Wadih Damous (PT-RJ), que pedirem abertura de um procedimento disciplinar no Conselho Nacional do Ministério Público. Com as novas evidências de que o procurador estava, de fato, utilizando a Operação Lava Jato para lucro pessoal, os deputados vão denunciar Dallagnol novamente.

A repercussão da reportagem foi postada por diversos usuários da rede social, que pedem pela liberdade de Lula e pela prisão de Deltan Dallagnol (#AcabouDeltan) devido ao apontamento da parcialidade da Operação Lava Jato.

Confira algumas postagens:

 

O editor da Fórum, Renato Rovai, comenta as novas denúncias da Vaza-Jato com esquema de vendas de palestras do procurador Deltan Dallagnol:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum