Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de outubro de 2019, 09h48

Após provocar: “me prende, feminazi”, deputado do PSL arrega e apaga foto da filha com arma

Capitão Assumção é o mesmo que ofereceu R$ 10 mil do próprio bolso para quem matar o criminoso que assassinou uma mulher em frente à filha de 4 anos, em Cariacica

Foto: Reprodução

O deputado estadual Capitão Assumção (PSL-ES) – o mesmo que ofereceu R$ 10 mil do próprio bolso para quem matar o criminoso que assassinou uma mulher em frente à filha de 4 anos, em Cariacica (ES) – postou uma foto de sua filha de 10 anos segurando uma arma em um estande de tiro. Para ilustrar a imagem, o capitão colocou a legenda: “o verdadeiro empoderamento”.

Ao ser advertido por uma internauta de que o ato infringe o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e que estaria, portanto, cometendo um crime, o deputado provocou: “me prende, feminazi”.

Na noite desta sexta-feira, por volta das 20h, o capitão perdeu a coragem e apagou o post.

Em seu perfil nas redes sociais, Assumção se define como “deputado estadual, conservador, bolsonarista, capitalista, heterossexual, casado, pró-vida, anti-drogas, anti-comunista, legítima defesa e Maranata”.

Com informações do Extra


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum