Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
01 de outubro de 2019, 15h09

Após ser pichado, grafite com rosto de Greta será apagado por pressão de políticos e da população de Sinop

A obra, feita por Matias Souza, foi elaborada durante o 1º Encontro Internacional de Graffiti – Matograff, que reuniu na cidade do Mato Grosso artistas de vários países da América Latina

Foto: Divulgação

Depois de muita pressão de políticos e da população de Sinop, cidade que se localiza a 500 quilômetros de Cuiabá, Mato Grosso, um grafite que mostra o rosto da jovem ativista sueca Greta Thunberg, pintado no viaduto São Cristóvão, foi censurado e será apagado, de acordo com informações do Mídia Ninja.

A obra, feita por Matias Souza, foi elaborada durante o 1º Encontro Internacional de Graffiti – Matograff. O evento reuniu na cidade artistas de vários países da América Latina, entre os dias 24 e 26 de setembro.

Vereadores locais disseram que o desenho fugia da proposta do evento, pois a ideia era que fossem feitos grafites da fauna e flora do Mato Grosso.

O que eles não quiseram responder é por que um desenho em que aparece outra criança não foi pedido para ser apagado?

Nesta segunda (30), o grafite de Greta amanheceu pichado, com os dizeres “Lula preso”.

O grafite pichado com a frase “Lula preso” – Foto: TVCA/Reprodução

Daniel Coutinho, diretor de cultura de Sinop, tentou justificar: “Não será apagado devido à censura. Esse é um projeto de incentivo à cultura que foi feito pelos grafiteiros do município. E o tema é a fauna e a flora. Eles iam trabalhar elementos voltados à natureza, à floresta Amazônica, insetos, animais, enfim”, disse.

“Não existia a imagem de pessoas, porque pessoas têm ideologias, têm história, e o projeto tinha que ser voltado só para a Amazônia. Os grafiteiros foram convocados nessa manhã, e entenderam que o grafiteiro saiu do contexto. Então, será feito, em cima dessa imagem, um elemento voltado à região, ou seja, o que foi proposto do projeto aprovado. Será feito uma matrinxã (peixe típico do estado), ou uma arara, algo nesse sentido”, alegou.

A outra

Coutinho tentou explicar por que a imagem com outra criança não será apagada.

“Essa criança está simbolizando um contexto dentro da Amazônia. Ela está com uma cuia, uma cobra, então é um contexto geral. Agora, o lance da imagem da polêmica é a Greta mesmo, por ela estar em evidência, ter toda essa situação política… então eu penso que se tivesse sido uma menina qualquer desenhada lá, estaria fora do contexto também, mas talvez não teria causado toda essa polêmica”, afirmou.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum