#Fórumcast, o podcast da Fórum
27 de setembro de 2019, 09h32

Após votação no STF, ex-chefe da Lava Jato em SP lamenta: “E se inicia o começo do fim”

Thaméa apareceu em revelações da Vaza Jato colaborando ilegalmente com o advogado Modesto Carvalhosa no pedido de impeachment do ministro do STF, Gilmar Mendes

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A procuradora Thaméa Danelon, ex-chefe da operação Lava Jato em São Paulo, lamentou pela sua conta do Twitter, na noite desta quinta-feira (26), o resultado da votação no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) que impôs à operação uma de suas piores derrotas: “E se inicia o começo do fim”, escreveu.

O plenário do STF votou, em sua maioria, para aceitar um recurso que pode anular sentenças da operação Lava Jato, incluindo a do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A sessão foi suspensa antes do término, mas a tese já havia obtido maioria. O julgamento retorna na próxima quarta-feira (2).

Citada na Vaza Jato

Thaméa apareceu em revelações da Vaza Jato colaborando ilegalmente com o advogado Modesto Carvalhosa no pedido de impeachment do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes. Por conta disto, a procuradora não deve mais ser nomeada para chefiar a força-tarefa da Lava Jato que atua na Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília.

Danelon já havia conversado sobre a possibilidade com Augusto Aras, escolhido por Jair Bolsonaro (PSL) para comandar a PGR. Aras era a favor de sua nomeação, mas magistrados do STF passaram a ver a indicação como um desrespeito, por conta das revelações da Vaza Jato.

Provas Ilícitas

Mais um capítulo da série de reportagens da Vaza Jato, divulgado pelo The Intercept Brasil em parceria com o UOL, nesta sexta-feira (27), demonstra que a força-tarefa da Lava Jato em Curitiba utilizou sistematicamente contatos informais com autoridades da Suíça e Mônaco para obter provas ilícitas com o objetivo de prender alvos considerados prioritários –encarcerados preventivamente, muitos deles vieram a se tornar delatores.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum