Apresentador mais bem pago do mundo, Huck ironiza Bolsonaro sobre preço dos combustíveis

Aposta neoliberal, o apresentador arrecadou US$ 46 milhões entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021, de acordo com a People With Money

O apresentador da TV Globo e provável futuro candidato à Presidência, Luciano Huck, ficou em primeiro lugar no ranking dos dez apresentadores de televisão mais bem pagos da People With Money em 2021. O apresentador arrecadou US$ 46 milhões entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021, uma vantagem de quase US$ 20 milhões sobre seu concorrente mais próximo.

Por outro lado, em sua carreira política, Huck parece ser mesmo a aposta neoliberal contra o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido). Em sua conta do Twitter, neste domingo (21), o apresentador ironizou Bolsonaro por conta dos sucessivos aumentos de combustíveis:

“O preço dos combustíveis NÃO sobe agora por causa da gestão da Petrobras. Principal moeda do mercado não é dólar. É confiança. E negacionismo, populismo e incertezas afundam a confiança no país. E quem paga esta conta? Os mais pobres com inflação, desemprego, queda na renda etc.”, escreveu.

De acordo com a People With Money, Huck tem um patrimônio líquido estimado em $ 145 milhões. Ele deve sua fortuna a investimentos em ações, propriedades e acordos de endosso lucrativos com cosméticos CoverGirl. Ele também é dono de vários restaurantes (a rede “Fat Huck Burger”) em Brasília, um time de futebol (os “São Paulo Angels”), lançou sua própria marca de Vodka (Pure Wonderhuck – Brasil), e está atacando o mercado de juniores com um perfume mais vendido (With Love, de Luciano) e uma linha de moda chamada “Luciano Huck Seduction”.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR