Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de fevereiro de 2020, 19h04

Arthur Weintraub diz que “as pessoas são socialistas sem saber”

O irmão do ministro da Educação, que usou irregurlarmente o nome da Unifesp em favor da reforma da previdência, diz que universidade virou "templo das trevas"

Abraham e Arthur Weintraub (Reprodução)

O perfil do Brasil Paralelo, série idealizada pelo astrólogo Olavo de Carvalho, publicou um novo trecho do filme “Pátria Educadora” nesta segunda-feira (17) com a participação de Arthur Weintraub, assessor do presidente Jair Bolsonaro e irmão do ministro da Educação, Abraham Weintraub.

Em sua fala, o professor universitário diz que a universidade acabou deixando de ser o “templo do saber” para se transformar no “templo das trevas” por causa de pessoas que se dedicam “à causa”.

Ele ainda afirma que os socialistas são “geniais” e não podem ser subestimados. Em uma tese que sustenta que o socialismo se instaurou sem que as pessoas notassem, Arthur contrapõe Antonio Gramsci com Vladimir Lenin e Karl Marx.

“[Gramsci] falou: ‘não, não é na revolução não, vamos pegar na parte intelectual e as pessoas vão virar socialistas sem saber’. E são”, afirma o irmão do ministro, que cita uma professora que supostamente teria se divorciado para se dedicar ao socialismo.

Irregularidade na Unifesp

Apesar do dito apreço pelo “templo do saber”, Arthur e seu irmão usaram o Centro de Estudos em Seguridade (CES) irregularmente em nome da Unifesp para apoiar a reforma da Previdência. O CES nunca foi aprovado pelo Conselho Universitário (CONSU) ou teve acompanhamento de outros órgãos da instituição, como o Conselho de Administração.

O CES não fala em nome da universidade e chegou a ser denunciado, em 2018, por fazer uso indevido do nome da Unifesp.

Assista ao vídeo:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum