sexta-feira, 25 set 2020
Publicidade

Assessora de Eduardo Bolsonaro atuou em grupo no WhatsApp que fazia memes contra rivais

A assessora do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Sonaira Santana, participou da central de fabricação e distribuição de memes – montagens com fotos e textos que tem como objetivo viralizar na Internet – criada pelo deputado estadual Gil Diniz (PSL), o Carteiro Reaça, para atacar outros políticos.

Os diálogos do grupo de WhatsApp analisados pela Folha de S.Paulo datam de 15 de março deste ano, quando Gil Diniz já havia tomado posse do cargo e Sonaira era funcionária de Eduardo na Câmara dos Deputados. Recebia, então, R$ 7.849,15.

A assessora trabalha pelo menos desde 2015 com o clã Bolsonaro. Em fevereiro daquele ano, foi nomeada para o gabinete de Eduardo na Câmara dos Deputados. Três anos depois, em abril de 2018, mudou para o de Jair Bolsonaro, então pré-candidato a presidente. No dia 1º de janeiro de 2019, voltou a trabalhar para Eduardo, ficando no cargo até março, quando, após a eleição para a presidência da Assembleia, passou a assessorar Gil Diniz.

De acordo com a Folha, todas as pessoas que participaram do grupo de WhatsApp do deputado, funcionários que auxiliavam na confecção dos memes, acabaram nomeados para trabalhar no gabinete de Gil Diniz na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp).

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.