#Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de agosto de 2019, 22h05

Ato convocado por juristas lota auditório na USP denunciando Sérgio Moro

O ato #MoroMente acontece no dia em que o ex-presidente Lula completa 500 dias preso injustamente e acontece cobra investigação sobre as revelações da Vaza Jato

Foto: Ricardo Stuckert

Um ato público promovido pela Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD) na Faculdade de Direito da USP, no Largo São Francisco, em São Paulo, reuniu centenas de juristas, políticos, movimentos sociais, estudantes, professores e manifestantes. O ato “Moro Mente”, realizado nesta segunda-feira (19), aconteceu no dia em que ex-presidente Lula completou 500 dias preso injustamente.

O ato teve como objetivo cobrar investigação das ilegalidades cometidas por Sérgio Moro e pelos procuradores e esclarecer à população de que maneira o ex-juiz federal violou as leis em processos como o que levou o ex-presidente Lula à prisão. As reportagens Vaza Jato deram o tom no evento.

Entre as lideranças presentes estavam o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e a presidenta nacional do PT, Gleisi Hoffmann, o presidente nacional do PSOL, Juliano Medeiros, além de juristas como a desembargadora Kenarik Boujikian, a professora Carol Proner e o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

Em carta, o ex-presidente Lula saudou a campanha #MoroMente e destacou que “Moro e a força tarefa da Lava Jato transformaram a operação em uma quase instituição para manipular, fraudar, mentir e corromper as instituições”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum