Atos contra Bolsonaro já tomam as ruas de diversas cidades

Em várias capitais da Europa e em cidades do Brasil manifestantes já estão nas ruas para atos contra Jair Bolsonaro neste dia 19 de junho

Os atos contra Jair Bolsonaro (Sem partido) convocados para este sábado (19) já começam a tomar conta de diversas cidades do Brasil e do mundo.

Veja a lista dos atos contra Jair Bolsonaro em 409 cidades

As primeiras imagens das manifestações chegaram de duas capitais europeias: Berlim, na Alemanha, e Dublin, na Irlanda. Londres, na Inglaterra, e Viena, na Áustria, já contam com manifestantes nas ruas.

Em Brasília, centenas de pessoas se dirigem à concentração do ato, na Esplanada dos Ministérios. Indígenas que foram recebidos com balas de borracha na sede da Funai nesta semana se juntaram aos manifestantes.

“Os povos indígenas, que estão mobilizados em Brasília durante toda essa semana contra os retrocessos ambientais do desgoverno Bolsonaro, também estão participando do #19JForaBolsonaro!
Está começando!”, tuitou a deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS).

Em Recife, manifestantes ligados ao Movimento Sem Terra (MST), levaram vacinas gigantes na concentração do ato.

Em Belém, no Pará, a concentração acontece em frente ao mercado de São Brás.

“A juventude começa a organizar a bateria indignada que vai ecoar o grito: FORA BOLSONARO GENOCIDA!”, tuitou a deputada federal Vivi Reis (PSOL).

Publicidade

Veja abaixo mais imagens de atos pelo Brasil e confira a lista das 409 cidades onde acontecem manifestações aqui.

https://twitter.com/CUTsaopaulo/status/1406237225415757829

Tags:

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR