Fórumcast, o podcast da Fórum
17 de janeiro de 2019, 07h37

Autor de projeto de lei para liberar a caça de animais silvestres vai chefiar o Serviço Florestal Brasileiro

Valdir Colatto, que é do MDB de Santa Catarina, integrou a bancada ruralista com Tereza Cristina na Câmara Federal, mas não foi reeleito em outubro passado.

Valdir Colatto e Tereza Cristina (Reprodução/Twitter)

O ex-deputado Valdir Colatto (MDB/SC), autor de um projeto de lei, apresentado em 2016, que libera a caça de animais silvestres no Brasil, mesmo dentro de unidades de conservação, vai comandar o Serviço Florestal Brasileiro

O anúncio foi feito no Twitter pela ministra Tereza Cristina (DEM/MS). “Hoje conversei com servidores do Serviço Florestal Brasileiro para responder algumas perguntas em relação a competências e carreiras. O servico florestal será comandado pelo deputado Valdir Colatto e o decreto já foi publicado”, tuitou.

Vinculado à pasta, o Serviço Florestal Brasileiro tem como principal missão promover o uso sustentável para ampliar a cobertura florestal no País.

Colatto, que é de Santa Catarina, integrou a bancada ruralista com Tereza Cristina na Câmara Federal, mas não foi reeleito em outubro passado. Medebista, desde o início do ano, ele percorreu os gabinetes da equipe de Bolsonaro, em audiências com a própria ministra, além de se encontrar com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM/RS), e o vice-presidente, General Hamilton Mourão (PRTB).


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum