#Fórumcast, o podcast da Fórum
18 de outubro de 2019, 20h54

Baixaria total: Eduardo Bolsonaro e Joice Hasselmann se atacam com memes absurdos

Hashtag #Bolsolão também ganhou força nas redes sociais, após declaração do deputado Delegado Waldir

Reprodução/Twitter

Depois do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) publicar uma nota de R$ 3,00 com o rosto da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) estampado foi a vez de aliados da ex-líder do governo no Congresso revidarem. Começou a circular uma nota de R$ 100,00 com o rosto de Eduardo, em referência à compra de votos que o presidente Jair Bolsonaro teria realizado em favor de Eduardo. Além disso, a nota traz a inscrição: “Sem pau”.

“Olha só mais um “presentinho” da milícia digital para mim. Anota aí: NÃO TENHO MEDO DA MILÍCIA, NEM DE ROBÔS! Meus seguidores são DE VERDADE, orgânicos. E não se esqueçam que eu sei quem vocês são e o que fizeram no verão passado”, publicou Joice ao ver a nota circular.

Em seguida, a tag #Bolsolão ganhou força nas redes sociais em referência às denúncias da ala bivarista do PSL de que o presidente teria comprado parlamentares para que eles assinassem lista em favor do filho 03. Bolsonaro queria ver Eduardo comandar a bancada do partido no lugar de Delegado Waldir (PSL-GO), aliado do presidente do PSL, Luciano Bivar.

Em entrevista, Waldir denunciou que o presidente da República segue articulando para colocar o filho, Eduardo Bolsonaro, no lugar dele. “A única finalidade do governo hoje é me derrubar da liderança do PSL. A traição vem de onde você menos espera”, revela o parlamentar, que promete que o partido agora pode atuar como oposição em algumas das propostas do Planalto. Na entrevista, o deputado repete o xingamento que fez em reunião fechada. “Eu não menti. Ele me traiu. Então, é vagabundo”, disse.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum