Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de fevereiro de 2019, 20h47

Bebianno caiu: Jornal do SBT garante que Bolsonaro assinou exoneração

Bolsonaro já teria, inclusive, deixado o ato de exoneração assinado. O presidente esteve com Bebianno no início da noite desta sexta (15).

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Depois de muitas idas e vindas, o Jornal do SBT divulgou na noite desta sexta-feira (15) que  Gustavo Bebianno deixará oficialmente o cargo de ministro da Secretaria-Geral da Presidência, na segunda-feira (18).

Bolsonaro já teria, inclusive, deixado o ato de exoneração assinado. O presidente esteve com Bebianno no início da noite.

Mais cedo, Bolsonaro havia concordado em manter o ministro no cargo, depois de reuniões com vários integrantes do primeiro escalão do governo e do PSL, como Hamilton Mourão, Joice Hasselman, Carlos Alberto dos Santos Cruz, Augusto Heleno e Onyx Lorenzoni.

Rispidez

De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S.Paulo, a conversa entre Bolsonaro e Bebianno teria sido ríspida. O fator decisivo para a saída do ministro, conforme integrantes do Planalto, foi o vazamento de diálogos privados, exclusivos da Presidência, entre Bolsonaro e Bebianno.

Apesar de, a princípio, ter seguido a vontade dos outros ministros, o presidente decidiu chamar Bebianno para uma reunião e uma conversa definitiva.

Conforme interlocutores, Bolsonaro acredita que ocorreu quebra de confiança e que a demissão se tornou inevitável. Seria, ainda, uma espécie de compensação pelo afastamento de Carlos Bolsonaro das questões ligadas diretamente ao governo.

Irregularidades

Bebianno havia divulgado nesta quinta (14) uma nota de esclarecimento, na qual desmente que tenha cometido irregularidades no repasse de recursos do Fundo de Financiamento de Campanha, em 2018, para candidatas laranjas do PSL.

“Reitero meu incondicional compromisso com meu país, com a ética, com o combate à corrupção e com a verdade acima de tudo”, dizia a nota.

A Polícia Federal apura a denúncia de que os recursos do fundo seriam destinados para laranjas. Bebianno era presidente do PSL durante a campanha eleitoral.

Em tempos de Bolsonaro, a despeito de o SBT e a Record se comportarem como porta-vozes do governo, convém aguardar o Diário Oficial de segunda-feira. Até lá, tudo pode mudar.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum