Fórum Educação
14 de março de 2020, 08h31

Bebianno teria deixado carta para ser aberta caso sofresse um atentado, segundo a Veja

Ex-ministro foi capa da revista Isto é daquele final de semana de fevereiro de 2019 com a manchete: "A queda do homem que sabia demais".

Gustavo Bebbiano e Bolsonaro - Foto: Arquivo

Poucos dias após a demissão de Gustavo Bebianno, a revista Veja afirmou que o ex-ministro teria deixado carta para ser aberta caso sofresse um atentado.

“Se algo acontecer comigo, abram”, disse o ex-ministro, segundo a publicação.

Bebianno nega a carta, mas a Veja mantém a informação.

A paz está selada, mas Gustavo Bebianno é um homem prevenido. Com medo das ameaças que recebeu, ele escreveu cartas para duas pessoas com os nomes de quem estaria interessado em lhe causar algum mal. “Se algo acontecer comigo, abram”.

Essa nota da Veja se soma ao vazamento de uma capa da revista IstoÉ, publicado pela Fórum em fevereiro de 2019, mostrando supostos segredos de Bebianno.

Revidando em triplo – conforme prometido – os dias de fritura que passou até sua exoneração definitiva, na última terça-feira (19), o ex-secretário-geral da Presidência, Gustavo Bebianno (PSL), estampa a capa da revista Isto é que chega às bancas neste fim de semana, sobre a manchete: A queda do homem que sabia demais.

Na capa vazada na noite desta quinta-feira (21), a revista diz que obteve “o conteúdo das principais bombas que o ex-ministro Gustavo Bebianno ainda pode detonar”.

Veja a matéria completa da Fórum aqui.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum