Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
23 de dezembro de 2019, 17h56

Bebianno volta a atacar Bolsonaro ao anunciar ação na Justiça: “Precisa de tratamento psiquiátrico”

O ex-ministro voltou a defender a interdição psiquiátrica do presidente da República

Jair Bolsonaro e Gustavo Bebianno durante a campanha (Divulgação)

O ex-ministro Gustavo Bebianno voltou a criticar o presidente Jair Bolsonaro em entrevista dada nesta segunda-feira (23). O tucano afirmou que não sente mais raiva mas já está se movimentando para pedir a internação do ex-capitão.

“Já estou me mexendo para promover uma interpelação criminal. Depois, ação cível”, disparou o coordenador da campanha eleitoral de Bolsonaro em conversa com Edson Sardinha, do Congresso em Foco. Ele defende que o presidente seja afastado e realize tratamento psicológico.

“A raiva passou. Sinto pena. O Jair está nitidamente desequilibrado. Precisa urgentemente de tratamento psiquiátrico. Estou também preocupado, uma vez que o país está sob seu comando. Isso tudo é muito triste. Não era para ser assim”, declarou.

Jair Bolsonaro disse declarar suspeitar que uma pessoa próxima estaria envolvida no episódio da facada de Adélio Bispo. Segundo o O Antagonista, essa pessoa seria Bebiano. Ao comentar o caso na sexta-feira, o ex-ministro soltou o verbo e apontou que uma pessoa próxima de Bolsonaro tentou sequestrar o colunista Lauro Jardim, d’O Globo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum