Bia Kicis será ouvida pela PF nesta quinta-feira em inquérito sobre financiamento a atos antidemocráticos

A deputada já chegou a chamar o decano do STF, Celso de Mello, de “juiz de merda” e mandou o magistrado “se lascar”

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) será ouvida pela PF (Polícia Federal) no inquérito que apura financiamento a atos antidemocráticos. O depoimento deve acontecer em Brasília, onde a parlamentar mora. 

Bia Kicis é muito próxima é muito próxima do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ)). Ela já chegou a chamar o decano da corte, Celso de Mello, de “juiz de merda” e mandou o magistrado “se lascar”.

A PF tem ouvido nas últimas semanas vários aliados de Bolsonaro. Na noite de terça-feira (22) foi ouvido o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente, no gabinete dele na Câmara, em Brasília.

Também já prestaram depoimento o vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos) e alguns assessores presidenciais do Planalto.

Carla Zambelli (PSL-SP) deve ser uma das próximas.

Com informações da CNN Brasil

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR