Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
11 de janeiro de 2020, 21h20

Bivar diz que Bolsonaro “ficou ensandecido” para pegar o dinheiro do fundo partidário

"Olha, há quem diga que o dinheiro traz tudo, mas o dinheiro traz também um pouco de maldição. As pessoas ficam ensandecidas", disse

Foto: Jair Bolsonaro e Luciano Bivar - Reprodução/Facebook

O presidente nacional do PSL, Luciano Bivar (PE), confirmou em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo neste sábado (11) que o principal motivo que levou à briga interna do partido foi a disputa pelo dinheiro do fundo partidário. Só em 2019, o PSL recebeu mais de R$ 87 milhões, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Olha, há quem diga que o dinheiro traz tudo, mas o dinheiro traz também um pouco de maldição. As pessoas ficam ensandecidas. No momento em que o PSL tem um fundo partidário, a cúpula do governo ficou ensandecida para pegar esse dinheiro. Acho uma coisa abominável isso”, disse Bivar.

Questionado sobre sua relação com Bolsonaro depois da racha no partido, o pernambucano disse que “as coisas não estão andando” e não economizou nas críticas ao presidente.

“Você vê que o governo não tem a habilidade para fazer as reformas que a gente precisa por uma questão de que se preocupa com coisas que não fazem sentido. Se preocupa mais com os costumes e o conservadorismo que com a economia propriamente dita”, completou.

A briga entre os dois se acirrou em outubro, quando Bolsonaro disse a um apoiador, na saída do Palácio da Alvorada, que Bivar estava “queimado para caramba”. “Vai queimar o meu filme também. Esquece cara. Esquece o partido”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum