No rastro do óleo do Nordeste
26 de julho de 2019, 07h52

Blogueiro ligado ao clã Bolsonaro cria fake news sobre internação de Glenn por uso de cocaína

Autor da fake news propagada por Bolsonaro sobre a jornalista Constança Rezende, d'O Estado de S.Paulo, Allan dos Santos agora divulga informações sobre suposta internação de Glenn Greenwald, que não foram confirmadas pela clínica citada pelo blogueiro

Glenn Greenwald, Bolsonaro e Allan dos Santos (Montagem)

O site Terça Livre, do blogueiro Allan dos Santos, divulgou uma informação de que o jornalista Glenn Greenwald teria sido internado no Rio de Janeiro por infarto após uso de cocaína. Fontes ouvidas pela Fórum na Clínica São Vicente não tinham conhecimento sobre o caso, que está sendo tratado internamente como mais uma fake news. A Fórum também entrou em contato com a assessoria de imprensa da clínica, que confirmou que o jornalista não está internado.

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

Em publicação, Allan dos Santos afirma que “a Clínica São Vicente, na Gávea, Rio de Janeiro, confirmou ao Terça Livre na madrugada desta sexta-feira (26/7), que Glenn Edward Greenwald, jornalista do Intercept, foi internado lá às pressas e transferido em seguida para o Hospital Samaritano, no Botafogo, também no Rio de Janeiro”. No texto, o blogueiro diz ainda que “uma outra fonte informou que ele possui histórico de internações na Clínica São Vicente por abuso de drogas”.

Reprodução/Twitter

Allan dos Santos é ligado ao clã Bolsonaro. Fez parte da rede de propagação de fake news durante a campanha presidencial e já esteve com Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto. As reportagens do seu blog são usadas frequentemente pelos filhos do presidente para embasar teses sobre conspirações políticas.

O blogueiro também é o autor da fake news  compartilhada por Bolsonaro no Twitter em março, atacando a  jornalista Constança Rezende do jornal O Estado de S. Paulo. “Ela é filha de Chico Otavio, profissional do ‘O Globo’. Querem derrubar o Governo, com chantagens, desinformações e vazamentos”, escreveu Bolsonaro à época. Em tom de denúncia, a fake news tratou uma entrevista da jornalista em inglês como conspiração da mídia para “arruinar a vida de Flávio Bolsonaro e buscar o Impeachment do Presidente Jair Bolsonaro”.

Ex-seminarista e ex-professor de inglês, Allan transformou-se num herói virtual para os bolsonaristas. Na posse, ele obteve credencial especial para circular livremente, enquanto jornalistas ficaram confinados em guetos definidos pelo governo. Além de Bolsonaro, constam na lista de entrevistas amistosas do blogueiro, as do guru Olavo de Carvalho e do líder da extrema-direita, Steve Bannon.

O blogueiro também teve as despesas pagas pelo PSL para participar da Cúpula Conservadora das Américas, em dezembro de 2018.

Fake News
Ao ser questionado nas redes pela veracidade da informação sobre Glenn, o próprio  blogueiro tentou sustentar a possível notícia falsa. “Afirmamos que Glenn Greenwald FOI (verbo no passado) internado às pressas na Clínica São Vicente e que depois FOI levado ao hospital Samaritano. Se a clínica e o hospital dizem que ele não ESTÁ (verbo no presente) lá, é pura retórica”, publicou no Twitter.

Reprodução/Twitter

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum