Bolsonarista Oswaldo Eustáquio teria sofrido acidente na prisão

O blogueiro, que se encontrava preso na Papuda desde sexta, foi levado ao Hospital de Base de Brasília. “A princípio, não se está falando de tentativa de homicídio”, diz advogado

O blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio foi levado ao Hospital de Base de Brasília no início da noite desta segunda-feira (21), devido a um acidente que teria sofrido dentro do Complexo Penitenciário da Papuda.

Eustáquio se encontrava preso na Papuda desde sexta (18), por determinação do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), por desrespeitar as regras de prisão domiciliar – o blogueiro foi preso por ameaçar ministros do STF.

O retorno de Oswaldo Eustáquio à prisão ocorreu menos de 24 horas depois da visita de um pastor que benzeu sua tornozeleira eletrônica.

O advogado do blogueiro, Ricardo Vasconcellos, afirmou ao diário Correio Braziliense que não sabe o motivo da hospitalização. “Não sei exatamente o motivo. Não sei se foi uma queda, algum trauma. Mas, a princípio, não está se falando de tentativa de homicídio. Ele está fazendo exames médicos”, explicou o defensor.

A deputada federal Bia Kicis (PSL-DF) visitou Eustáquio no Hospital de Base, acompanhada da esposa do blogueiro, Sandra Terena, e disse que “parece que foi mesmo um tombo (o que ele sofreu), mas vamos ficar calmos, estamos aqui para averiguar tudo”.

Funcionários do Complexo da Papuda informaram que o blogueiro foi levado ao Hospital de Base pela equipe do estabelecimento penal, e que está recebendo os devidos cuidados médicos, mas também não entregou um esclarecimento oficial sobre as circunstâncias que o fizeram necessitar o atendimento.

Avatar de Victor Farinelli

Victor Farinelli

Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR