Fórum Educação
02 de abril de 2020, 22h07

Bolsonaristas promovem ato no dia 5 contra o isolamento social

Nas redes explodiu a tag #NasRuas5DeAbril com mensagens pró-Bolsonaro e montagens contra os governadores João Doria e Wilson Witzel, ex-aliados

Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

As milícias virtuais do presidente Jair Bolsonaro mobilizaram nesta quinta-feira (2) uma hashtag de um protesto previsto para o dia 5 de abril contra o isolamento social imposto por governadores estaduais.

A hashtag #NasRuas5DeAbril ocupou o primeiro lugar dos assuntos do momento do Twitter com bolsonaristas defendendo o retorno dos trabalhos mesmo diante da crise da Covid-19, que já infectou pelo menos 7,9 mil pessoas no Brasil e matou 299 pessoas.

“BuRRocracia médico-acadêmica matando milhões de fome em breve pra “tentar” salvar milhares (q infelizmente já estão condenados) hoje. Estamos todos contaminados. Isolamento não adianta. Vc, vagabundo que nunca produziu nada, pode ficar em casa. Não faz diferença”, escreveu um dos apoiadores do presidente.

O blogueiro Allan dos Santos, do Terça Livre, foi um dos que mobilizou a tag. “Eu vou pra rua. BASTA. Já marcaram até a data: #NasRuas5DeAbril”, tuitou.

Em seguida, Allan ainda compartilhou uma imagem do presidente Jair Bolsonaro carregando os governadores João Doria, de São Paulo, e Wilson Witzel, do Rio de Janeiro, como se fossem sacos de lixo.

A tag e os ataques foram disparados logo após entrevista do presidente ao programa Pingo nos Is, da Rádio Jovem Pan. Na conversa ele pediu para os estados “irem abrindo aos poucos”, atacou os governadores e criticou o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, defensor do isolamento social.

Bolsonaro disse que Doria tem um “discursinho barato ginasial” e chamou Witzel de ditador.

Confira algumas das postagens:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum