Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
05 de novembro de 2018, 20h09

Bolsonaro ameaça de demissão quem o criticar publicamente: “Eu corto a cabeça”

Militar desautoriza Marcos Cintra, assessor de Paulo Guedes: “Esse cara já foi deputado e está lá na equipe de transição. Já conversei com ele para não falar aquilo que não tiver acertado com o Guedes e comigo”, disse Jair Bolsonaro, em entrevista à Band

Confirmado como futuro ministro da Economia, Paulo Guedes teve seu principal assessor desautorizado por Bolsonaro – Foto: Reprodução/GloboNews

Em entrevista concedida à Ban nesta segunda-feira (5), Jair Bolsonaro (PSL) deixou claro que não pretende tolerar críticas públicas de pessoas que integram ou assessoram a equipe de seu governo. “A decisão que eu tomei, quem criticar qualquer um de nós publicamente, eu corto a cabeça”, disparou. As informações são do BOL.

Bolsonaro respondeu a José Luiz Datena, apresentador do “Brasil Urgente”. Ele mencionou reportagem em que Marcos Cintra, assessor de Paulo Guedes, faz críticas à adoção do Imposto sobre Valor Agregado (IVA) e defende a aplicação de uma alíquota reduzida sobre toda transação nas contas bancárias (semelhante à CPMF).

Ex-deputado federal, Cintra é um dos componentes da equipe de transição e considerado como um dos principais conselheiros de Paulo Guedes.

“Esse cara já foi deputado e está lá na equipe de transição. Já conversei com ele para não falar aquilo que não tiver acertado com o Guedes e comigo. Parece que tem certas pessoas que, se é a verdade a informação, não pode ver uma lâmpada que se comporta como mariposa”, destacou Bolsonaro.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum