Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de novembro de 2018, 16h23

Bolsonaro anuncia Gustavo Canuto para o Desenvolvimento Regional e Osmar Terra para a Cidadania

A bancada evangélica chegou a indicar, em reunião com Bolsonaro, nesta terça-feira, o pastor Marco Feliciano para o ministério da Cidadania e Ação Social

Foto: Rafael Carvalho/Governo de Transição

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, anunciou na tarde desta quarta-feira (28), através de sua conta no Twitter, o atual secretário-executivo do Ministério da Integração Nacional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, para o recém-criado ministério do Desenvolvimento Regional. Logo em seguida, também foi anunciado o ex-ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra (MDB), para o ministério da Cidadania e Ação Social .

“Informo a todos a indicação do Sr. Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto, servidor efetivo do Ministério do Planejamento com ampla experiência, para o Ministério do Desenvolvimento Regional. Boa tarde!”

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

De acordo com o site do Ministério da Integração Nacional, Gustavo Henrique Rigodanzo Canuto não tem filiação partidária.

O novo Ministério do Desenvolvimento Regional deve reunir os atuais ministérios das Cidades e de Integração Nacional, segundo informou nesta terça-feira (27) o futuro ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

A bancada evangélica chegou a indicar, em reunião com Bolsonaro, nesta terça-feira (27), o pastor Marco Feliciano para o ministério da Cidadania e Ação Social.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum