Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de junho de 2019, 20h11

Bolsonaro anuncia pelo Twitter que vai apresentar projeto para favorecer quem toma multas no trânsito

Boa parte da família Bolsonaro, ou seja, Jair, três de seus filhos e sua esposa, Michelle, soma 44 multas de trânsito nos últimos cinco anos

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro anunciou neste domingo (2), através de sua conta do Twitter, que vai ampliar de 20 para 40 anos o limite de pontos nas multas para suspender a Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Além disso, Bolsonaro disse ainda que vai dobrar a validade da CNH, que hoje precisa ser renovada de cinco em cinco anos.

Nessa semana apresentarei projeto de lei para: 1 – Passar de 5 para 10 anos a validade da Carteira de Habilitação; 2 – Passar de 20 para 40 pontos o limite para perder a CNH.

Radares

Há cerca de uma semana, Bolsonaro informou que pretende “acabar” com os radares móveis (pardais) em rodovias federais. O capitão da reserva disse que quer acabar com o número de acidentes de trânsito e que, para isso, tomará uma “atitude ousada”: vai engavetar o pedido de oito mil novos radares em rodovias federais.

Para o presidente, os radares não são necessários pois não há locais de risco e quem sofre acidentes são “otários”.

Família campeã de multas

Boa parte da família Bolsonaro, ou seja, Jair, três de seus filhos e sua esposa, Michelle, soma 44 multas de trânsito nos últimos cinco anos, conforme indicam registros do Departamento de Trânsito do Rio de Janeiro (Detran-RJ).

As piores situações são de Michelle e Flávio Bolsonaro, que cometeram infrações que superam o limite de 20 pontos permitido por lei para o período de um ano. O fato pode ter como consequência a suspensão da carteira de habilitação. Ambos são os que mais colecionam pontos ao longo de cinco anos, com 41 e 39 pontos, respectivamente.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum