Bolsonaro anuncia que amapaenses não pagarão energia em razão do apagão

O ministro de Minas e Energia afirma que governo irá arcar com o custo dos últimos 30 dias

O presidente Jair Bolsonaro anunciou em visita ao Amapá neste sábado (21) que moradores do estado não serão compensados pelo apagão na conta de luz. De acordo com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, o governo irá arcar com o custo dos últimos 30 dias.

“O Ministério de Desenvolvimento Regional disponibilizou mais de R$ 21 milhões para atender os mais carentes, na primeira semana. Tomei conhecimento ontem que a Petrobrás vai doar R$ 500 mil em cestas básicas que serão doadas para famílias carentes”, afirmou. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.

Na quinta-feira (19), o Senado aprovou um projeto de lei que prevê um crédito na conta de energia elétrica dos consumidores afetados no Amapá. O projeto agora segue para a Câmara dos Deputados.

Bolsonaro foi ao estado para ligar os geradores contratados para restabelecer a energia. Moradores do Amapá, no entanto, seguem sob um racionamento incerto de energia elétrica.

Neste domingo (22), o mandatário chegou a afirmar nas redes sociais que a energia está “retornando” ao estado. Ele também agradeceu o acolhimento de seus apoiadores, ignorando protestos.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.