Bolsonaro apaga publicação no Facebook em que pedia votos a Russomanno e Crivella

Publicação havia sido feita na véspera das eleições municipais. Nela, presidente pedia apoio a sete candidatos a prefeito e cinco a vereador

O presidente Jair Bolsonaro apagou uma publicação do Facebook em que pedia votos para candidatos a prefeito aliados, como Celso Russomanno, em São Paulo, e Marcelo Crivella, no Rio de Janeiro. A publicação havia sido feita no sábado (14), véspera das eleições municipais.

Ao todo, a publicação do presidente pedia apoio a sete candidatos a prefeito e cinco a vereador. Sem citar os partidos de cada, Bolsonaro indicava apenas o nome do candidato e seu número na urna.

Os candidatos a prefeito citados eram Coronel Menezes (Patriota), em Manaus (AM); Ivan Sartori (PSD), em Santos (SP); Delegada Patrícia (Podemos), em Recife (PE); Bruno Engler (PRTB), em Belo Horizonte (MG); Capitão Wagner (Pros), em Fortaleza (CE); Celso Russomanno (Republicanos), em São Paulo (SP), e Marcelo Crivella (Republicanos), no Rio de Janeiro.

Em relação aos candidatos a vereador, Bolsonaro pedia votos a Sonaira Fernandes (Republicanos), em São Paulo (SP); Clau de Luca (PRTB), em São Paulo (SP); Deilson Bolsonaro (Republicanos), em Boa Vista (RR); Wal Bolsonaro (Republicanos), em Angra dos Reis (RJ), e Nikolas Ferreira (PRTB), em Belo Horizonte (MG).

Wal Bolsonaro, também conhecida como “Wal do açaí”, foi funcionária fantasma do gabinete de Bolsonaro quando ele era deputado federal. Já Sonaira Fernandes trabalha com a família Bolsonaro desde 2015 e foi acusada de atuar em um grupo no WhatsApp que produzia e distribuia dossiês e fake news contra adversários. O grupo foi formado pelo deputado estadual Gil Diniz (PSL), o Carteiro Reaça.

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR