sábado, 24 out 2020
Publicidade

Bolsonaro crê que pessoas de esquerda não são “pessoas normais”

Em mais um de seus discursos inflamados ideologicamente, o presidente Jair Bolsonaro pregou nesta quinta-feira (16) que as pessoas de esquerda não podem ser tratadas como normais. O ex-capitão ainda diz que “pede a Deus” que a esquerda não volte ao poder.

“Não dê chance para essa esquerda. Eles não merecem ser tratados como se fossem pessoas normais, como se quisessem o bem do Brasil, isso é mentira”, afirmou o presidente em discurso no Palácio do Planalto durante evento com migrantes da Venezuela.

O presidente ainda apelou para Deus. “Temos outro país aqui no Brasil. […] Peço a Deus que continue abençoando o nosso Brasil, abra a mente de quem está do lado da esquerda. Essa maldita esquerda que não deu certo em lugar nenhum e que quer que ela volte ao poder. Agradeço a Deus pelo milagre da eleição”, disse o ex-capitão.

Bolsonaro aproveitou para criticar o presidente da Argentina, Alberto Fernández, e condenar os massivos protestos que tomam o Chile há meses contra o neoliberalismo e em defesa de uma nova Constituição. “Não podemos em 2022 chegar na situação que chegou a Argentina no corrente ano ou como está o Chile, que etá caminhando para o caos, o socialismo”, declarou.

Com informações do Uol

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.