Fórumcast, o podcast da Fórum
07 de janeiro de 2019, 06h59

Bolsonaro critica Ibama, apaga tuíte e presidenta do órgão rebate: “completo desconhecimento”

Ocupado com sua conta no Twitter durante todo o fim de semana, capitão da reserva acusou Ibama de irregularidades. Presidenta do instituto diz que as suspeitas levantadas pelo novo governo demonstram "completo desconhecimento da magnitude" do órgão.

Reprodução

Ocupado com sua conta no Twitter durante o fim de semana, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) compartilhou tuíte do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, acusando o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) de “montanhas de irregularidades” a partir de uma licitação no valor de cerca de R$ 30 milhões para aluguel de carros.

Após a presidenta do Ibama, Suely Araújo, divulgar nota na noite deste domingo (6) afirmando que as suspeitas levantadas pelo novo governo demonstram “completo desconhecimento da magnitude” do órgão, Bolsonaro apagou o tuíte com as críticas e apenas retuitou a mensagem de Salles.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

“As viaturas do Ibama são objeto de um contrato de locação de âmbito nacional. O novo contrato abrange 393 caminhonetes adaptadas para atividades de fiscalização, combate a incêndios florestais, emergências ambientais, ações de inteligência, vistorias técnicas etc., nos 27 estados brasileiros, e inclui combustível, manutenção e seguro, com substituição a cada 2 anos. A acusação sem fundamento evidencia completo desconhecimento da magnitude do Ibama e das suas funções”, diz trecho da nota emitida por Suely Araújo.

A presidenta do Ibama diz ainda que o valor estimado para o contrato era maior e foi reduzido ao longo do processo licitatório, “que observou com rigor todas as exigências legais e foi aprovado pelo TCU”.

Ela ressaltou que os valores relativos à fiscalização são custeados pelo Fundo Amazônia, gerido pelo BNDES. A presidente do Ibama ainda alfinetou a nova gestão. “A presidência do Ibama refuta com veemência qualquer insinuação de irregularidade na contratação. Espera, por fim, que o novo governo dedique toda a atenção necessária às importantes tarefas a cargo do Ibama, e não a criar obstáculos à atuação da Autarquia”.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum