Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
15 de fevereiro de 2019, 18h42

Bolsonaro derruba ações de universidades após anunciar Lava Jato da Educação

Ricardo Vélez Rodríguez assinou acordo com Sérgio Moro para apurar indícios de corrupção no MEC

Foto: Luís Fortes/MEC

Uma declaração de Jair Bolsonaro, via Twitter, perturbou o mercado financeiro. O presidente anunciou que vai dar início à Lava Jato da Educação. Após a divulgação da afirmação, as ações das instituições educacionais registraram forte queda.

As ações da Kroton (KROT3 -6,38%), Estácio (ESTC3 -5,97%) e Ser (SEER3 -6,61%) caíram mais de 6%, depois que o Ministério da Educação afirmou que Ricardo Vélez Rodríguez, titular da pasta, assinou acordo com Sérgio Moro, ministro da Justiça e da Segurança Pública, para apurar indícios de corrupção no MEC.

Pelo Twitter, Bolsonaro havia se manifestado: “Muito além de investir, devemos garantir que investimentos sejam bem aplicados e gerem resultados. Partindo dessa determinação, o Ministro Professor @ricardovelez apurou vários indícios de corrupção no âmbito do MEC em gestões passadas. Daremos início à Lava Jato da Educação!”.

O presidente comunicou, ainda, que “um acordo formal para dar início aos trabalhos foi feito em reunião entre o Professor Velez e os Ministros Sergio Moro (Justiça), Wagner Rosário (CGU) e André Mendonça (AGU), com a presença do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo”.

Com informações do Infomoney

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum