quinta-feira, 24 set 2020
Publicidade

Bolsonaro desiste novamente do Patriota e pode ir parar no Republicanos (ex-PRB)

O Patriota (ex-PEN), que mudou de nome no ano passado para atrair o então pré-candidato Jair Bolsonaro, foi mais uma vez rejeitado pelo ex-capitão. A legenda se negou a passar o comando partidário para Bolsonaro e recebeu uma nova negativa do presidente da República, que pode seguir para o Republicanos (ex-PRB), ligado à Igreja Universal, ou fundar seu próprio partido.

Segundo o Congresso em Foco, o presidente nacional do Patriota, Adilson Barroso, não aceitou o pedido de Bolsonaro para assumir a direção partidária, o que fez o mandatário recusar ingressar na sigla. No ano passado, o então candidato acabou indo parar no PSL pelo mesmo motivo. O Patriota acabou lançando Cabo Daciolo à presidência.

Últimos dias para você apoiar a grande reportagem da Fórum no rastro do Óleo das Praias do Nordeste. Bora contribuir!

O partido de Luciano Bivar ofereceu o comando da legenda para os bolsonaristas durante a campanha eleitoral e viu Gustavo Bebianno como dirigente por menos de um ano.

Em crise com o PSL, Bolsonaro parece estar mesmo disposto a deixar o partido que o elegeu presidente. O ex-capitão cogita tanto a filiação ao Republicanos (antigo PRB), próximo à Universal, quanto a criação de uma nova sigla – o Partido da Defesa Nacional (PDN).

A fundação do PDN facilitaria a migração de deputados eleitos pelo PSL, que não perderiam o mandato ao ingressar em uma nova legenda. A possibilidade foi aventada pelo próprio Bolsonaro em viagem ao Oriente Médio.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.