Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de dezembro de 2019, 07h35

Bolsonaro deve indicar pastor e diretora de festival cristão para comando da Ancine

O pastor Edilásio Barra, conhecido como Tutuca, atualmente é responsável pela gestão do Fundo Setorial do Audiovisual

Reprodução

Em janeiro, o presidente Jair Bolsonaro deve encaminhar ao Senado pelo menos três nomes para compor a diretoria da Ancine (Agência Nacional do Cinema). Dois deles, no entanto, já são avaliados como certos. O primeiro é o pastor Edilásio Santana Barra Júnior, conhecido como Tutuca. Outro é Verônica Brendler, diretora do Festival Internacional de Cinema Cristão (FICC).

Edilásio atualmente é superintendente de Desenvolvimento Econômico da Ancine, cargo que assumiu em outubro. O setor em questão é responsável pelo Fundo Setorial do Audiovisual, que sofreu inúmeros cortes ao longo do primeiro ano de mandato de Bolsonaro. Em setembro, por exemplo, o presidente anunciou corte de 43% na verba do fundo para 2020, o menor orçamento desde 2012.

Ainda, Tutuca já havia sido indicado, no primeiro semestre, a um cargo no Ministério da Cidadania. O ministro Osmar Terra tinha a intenção de deixá-lo a comando da Secretaria de Audiovisual. A indicação, no entanto, enfrentou resistência entre bolsonaristas, que acusavam o pastor de não ter formação para ocupar o cargo.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum