Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de dezembro de 2019, 20h17

Bolsonaro diz que agências reguladoras “atrapalham um pouco”

"Para o bem ou para o mal, eu não sei, as agências estão aí", lamentou o presidente

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Durante transmissão ao vivo gravada por apoiadores na saída do Palácio da Alvorada, o presidente Jair Bolsonaro criticou as agências reguladoras e demonstrou ter intenção em modificar algumas delas para ter mais poder decisório. Ele não citou quais seriam seus alvos, mas deu a entender que a Aneel estaria entre elas.

“Muita coisa quem define são as agências, que são autônomas, independentes, e seus integrantes têm mandatos. Então, muita crítica chega à minha pessoa, mas as agências que decidem. Essa é a regra do jogo, para o bem ou para o mal, eu não sei, as agências estão aí”, desabafou o presidente.

A declaração veio logo após um apoiador questioná-lo sobre o preço da energia elétrica do setor privado e o presidente disse que não poderia interferir na questão porque o assunto era “da agência”, em referência à Aneel.

“Contratos antigos eu não posso rever. Se eu interferir no contrato, outras pessoas que iam investir no Brasil não vêm mais. O preço da energia também é a agência que decide. A agência é autônoma”, disse.

Questionado se estava criticando as agências, ele disse que apenas falou “a verdade”. “Não, não critiquei não. Eu falei a verdade, que tem autonomia. É a realidade, elas têm autonomia. Eu não critiquei. Não me bota na minha conta não. Quando acabar o mandato dos dirigentes [das agências] a gente pode mandar o nome para o Senado ver se aprova. Tem agência que atrapalha um pouco, que complica a negociação. Mas tudo bem, não estou reclamando não. É regra do jogo”, disse.

Com informações do Correio Braziliense e da Folha


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum