Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2019, 13h38

Bolsonaro diz que declarações agora são filtradas: “nenhum filho meu manda no governo”

Ele lamentou o episódio do vazamento de áudios de suas conversas com o ex-ministro Gustavo Bebianno

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Em um café da manhã com um grupo de 13 jornalistas no Palácio do Planalto, nesta quinta-feira (28), em que o UOL esteve presente, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) lamentou o episódio do vazamento de áudios de suas conversas com o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno, demitido neste mês. Na ocasião, Bolsonaro afirmou também que seus filhos não mandam no governo.

“Nenhum filho meu manda no governo, não existe isso”, disse o presidente.

Bolsonaro afirmou que declarações públicas de seu filho Carlos Bolsonaro que possam ter relação com o governo agora passam por sua aprovação. “Tudo passou a ter um filtro da minha parte”, disse.

“Lamento o ocorrido, mas não poderia ter tomado outra decisão”, afirmou Bolsonaro ao ser questionado sobre como se sentia em relação a Bebianno. O presidente comparou o fim da relação com Bebianno ao fim de um casamento.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum