Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de fevereiro de 2019, 11h03

Bolsonaro dribla imprensa ao levar proposta da reforma da Previdência ao Congresso

Com a crise instalada no Palácio do Planalto e a declaração de que o grupo Globo é inimigo, Bolsonaro saiu sem falar com os jornalistas que fizeram a cobertura da entrega da proposta da reforma da Previdência

Bolsonaro entrega proposta para reforma da previdência a Rodrigo Maia, observados por Davi Alcolumbre (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Com a crise instalada no Palácio do Planalto e a declaração de que o grupo Globo é inimigo, Jair Bolsonaro (PSL) driblou a imprensa e saiu sem falar com os jornalistas que fizeram a cobertura da entrega da proposta da reforma da Previdência aos presidentes do Senado, Davi Alcolumbre, e da Câmara, Rodrigo Maia, na manhã desta quarta-feira (20).

Parlamentares do PSol fazem protesto contra o PSL de Bolsonaro (Foto: Agência Câmara)

A passagem pelo Congresso durou cerca de 20 minutos. Bolsonaro enfrentou no trajeto protestos de parlamentares do PSol. Vestidos de aventais laranjas e com laranjas na mão, eles fizeram referência ao “laranjal” do PSL, partido do presidente.

A reforma apresentada como uma proposta de emenda à Constituição (PEC) tem uma tramitação especial. Primeiro o texto terá que passar pela Comissão de Constituição e Justiça, depois será analisada por uma comissão especial e pelo Plenário da Câmara; só então será encaminhada ao Senado.

Presidente do PSL e envolvido na crise do esquema laranja da sigla, o deputado Luciano Bivar (PSL/PE), 2º vice-presidente da Câmara, defendeu a proposta do governo. “Estamos todos imbuídos de equacionar o desequilíbrio da Previdência. Não é para um governo, não é para uma legislatura. É para o Brasil.”

Já o deputado José Guimarães (PT-CE) já adiantou que o partido não votará “nada que signifique a desconstrução do tripé que fez parte da Constituinte de 88: Previdência, Saúde e Assistência.”

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum