sábado, 24 out 2020
Publicidade

Bolsonaro é recebido no MT com caixão e faixas contra desmatamento

Presidente foi ao local para receber homenagem de ruralistas. Encontro ocorre em meio às queimadas históricas no Pantanal

O presidente Jair Bolsonaro foi alvo de protesto contra o desmatamento na saída do aeroporto e Sinop, no Mato Grosso, nesta sexta-feira (18). O ex-capitão foi ao local para receber uma homenagem de ruralistas da região. Encontro ocorre em meio a queimadas históricas no Pantanal, cuja fumaça chegou a afetar a aterrissagem do ex-capitão no município.

O protesto contou com faixas em defesa do meio ambiente e dos povos indígenas, assim como pedidos de impeachment do presidente. Um caixão também foi utilizado como forma de protesto.

“Desmatamento em terras indígenas aumenta 64% nos primeiros meses de 2020”, diz uma das faixas. “Acreditamos em Deus e na família, mas não apoiamos Bolsonaro”, afirma outra.

Pela manhã, Bolsonaro participou em Sinop de “ato de homenagem do Agronegócio ao Presidente da República”, segundo a agenda oficial, e depois partiu para Sorriso, para participar de ato de entrega de título de propriedade rural e lançamento simbólico do plantio de soja.

Antes de embarcar, Bolsonaro divulgou vídeo em redes sociais em que aparece sendo homenageado por ruralistas da região ligados à família Bedin, uma das maiores produtoras de soja da região. Irmão e sócio do ex-vereador Argino Bedin, Leoclides Bedin e a esposa, Nelci Terezinha, aparecem no vídeo agradecendo ao presidente.

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.