Fórumcast, o podcast da Fórum
28 de julho de 2019, 09h00

Bolsonaro: Eduardo na embaixada dos EUA é estratégico para explorar minerais em terras indígenas

Declaração de Bolsonaro ocorreu no mesmo dia em que garimpeiros invadiram área demarcada no Amapá e mataram liderança indígena

Foto: Alan Santos/Presidência

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez mais uma comentário sobre a indicação de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos EUA. A estratégia, segundo o presidente, é explorar minerais em comunidades indígenas em parceria com os estadunidenses. Sua fala ocorreu em evento da formatura anual dos novos paraquedistas das Forças Armadas, na Vila Militar, Zona Oeste do Rio, neste sábado (26).

Inscreva-se no nosso Canal do YouTube, ative o sininho e passe a assistir ao nosso conteúdo exclusivo

“Terra riquíssima (reserva indígena Ianomami). Se junta com a Raposa Serra do Sol, é um absurdo o que temos de minerais ali. Estou procurando o primeiro mundo para explorar essas áreas em parceria e agregando valor. Por isso, eu quero uma pessoa de confiança minha na embaixada dos EUA”, falou Bolsonaro sobre a indicação do filho, conforme reportagem apurada por Juliana Dal Piva, d’O Globo.

Nos últimos dias, garimpeiros invadiram terras indígenas Wajãpi, em Pedra Branca do Amapari, no Amapá. Segundo informações do Diário do Amapá, cerca de 50 garimpeiros invadiram a aldeia Marirí e mataram uma das lideranças há três dias. Desde então, o grupo continua no local.

“Nós fomos atacados pelos garimpeiros, eles mataram uma liderança Wajãpi. Eles estão no centro da nossa terra, armados, com arma de fogo pesada”, disse à Fórum o cacique da aldeia Viseni Wajãpi.

Vexame
Na entrevista, o presidente ainda disse que não colocaria o próprio filho em um posto de destaque para “passar vexame” e que quer contato rápido e imediato com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. O pedido para Eduardo ser embaixador já está em Washington.

Bolsonaro também comentou sobre novos dados do Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (Inpe) que deve sair semana que vem. “Vocês vão ter uma surpresa”, falou o presidente. Ele já criticou o instituto por revelar dados sobre o aumento do desmatamento na Amazônia.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum