Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
02 de abril de 2019, 06h44

Bolsonaro encontra grupo de brasileiros católicos em Israel e recebe benção de padre

Grupo de 38 turistas foi até hotel onde está a comitiva. Encontro terminou com o slogan “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, e gritos de “Viva o Presidente Jair Bolsonaro”, “Deus o abençoe, em nome de Cristo”, além de “mito”

Bolsonaro encontra turistas brasileiros em Israel (Reprodução)

Por Pedro Moreira, de Jerusalém, especial para a Fórum

Um grupo de 38 turistas brasileiros encontrou com o Presidente Jair Bolsonaro na noite dessa segunda-feira (1º) no hotel em que a comitiva está hospedada em Jerusalém.

O Presidente foi recebido com o hino nacional ao entrar na sala em que o grupo estava. Eles seguravam uma bandeira do Brasil e, em seguida, rezaram o Pai Nosso e cantaram a música “Derrama, Senhor”. A homenagem terminou com o slogan da campanha de Bolsonaro “Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”, e gritos de “Viva o Presidente Jair Bolsonaro”, “Deus o abençoe, em nome de Cristo”, além de “mito”.

O advogado Glauco da Silva Campos, que participou do encontro, explicou à reportagem da Fórum que o grupo é de João Pessoa (PB) e tem, ao todo, 70 pessoas. Eles são católicos e estão fazendo turismo em Israel, acompanhados de um padre brasileiro.

A Fórum está fazendo uma cobertura exclusiva da viagem do presidente Jair Bolsonaro a Israel e precisa do seu apoio. Clique aqui e saiba como ajudar

Para o encontro com o presidente, 38 deles foram até o Hotel King David. Campos não soube dizer como conseguiram arranjar o encontro. Disse saber apenas que “uma pessoa da excursão conhece alguém da comitiva presidencial”. E que essa pessoa conseguiu esse momento na agenda de Bolsonaro.

Ao chegar ao hotel, os brasileiros foram direcionados a um salão no térreo, próximo ao lobby, para aguardar o Presidente retornar da visita ao Muro das Lamentações.

“Quando ele entrou, cantamos o hino nacional, ele recebeu uma bênção do nosso padre, aí ele pronunciou umas palavras e a gente começou a gritar: mito, mito, mito. Aí ele tirou umas fotos com a gente e foi, disse o advogado.”

Bolsonaro teria dito aos brasileiros que “tinham que ter coragem pra ajudar ele a mudar o Brasil.”

A promotora de Justiça Anita Rocha, que também compunha o grupo, descreveu o encontro como “muito legal, o Presidente é uma pessoa maravilhosa”.

Perguntado sobre as polêmicas envolvendo a visita do Presidente à Israel, sobretudo com passagens por locais sensíveis, que desagradaram a comunidade palestina, o advogado defendeu Bolsonaro.

A Fórum está fazendo uma cobertura exclusiva da viagem do presidente Jair Bolsonaro a Israel e precisa do seu apoio. Clique aqui e saiba como ajudar

“Eu acho assim, que ele entrou para mudar o país, tá? Então, assim, algumas atitudes não vão agradar a todos. A verdade é essa. Mas eu acho que ele está no caminho certo.”

Questionado se isso valeria para questões que envolvem outros países, Campos afirmou: “Acho que as vezes a gente tem que mexer em algumas coisas que algumas pessoas não tiveram coragem de mexer. E ele está tendo.”

O Presidente postou um vídeo com parte do encontro em suas redes sociais.

Nesta terça-feira, a agenda da visita oficial inclui mais um encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. Dessa vez, Netanyahu será o convidado de Bolsonaro, em um evento para empresários dos dois países promovido pela Apex-Brasil, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

Veja vídeo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum