Entrevista exclusiva com Lula
25 de outubro de 2019, 06h52

Bolsonaro endossa Salles e chama Greenpeace de “terrorista”: “Só nos atrapalha”

Presidente acatou acusações do ministro e culpou a organização internacional pelo vazamento de óleo no litoral brasileiro

Foto: Reprodução/TV Globo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) endossou as acusações de seu ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e culpou o grupo ambientalista Greenpeace pelo vazamento de óleo que atinge as praias do Nordeste desde o final de agosto. Bolsonaro ainda chamou o ato de “terrorista” e não poupou críticas à organização internacional. Comentário foi feito nesta sexta-feira (25), na China.

“Para mim isso é um ato terrorista. Para mim, esse Greenpeace só nos atrapalha”, disse. Pelo Twitter, Salles havia publicado nesta quinta-feira (24) uma foto do navio Esperanza, usado pela ONG, com um comentário que associa vínculo da embarcação com o vazamento de óleo. Salles ainda voltou a usar o termo “óleo venezuelano” para se referir ao petróleo.

“Tem umas coincidências na vida né… Parece que o navio do #greenpixe estava justamente navegando em águas internacionais, em frente ao litoral brasileiro bem na época do derramamento de óleo venezuelano…” escreveu.

A foto usada por ele, no entanto, é de 2016 e foi tirada no oceano Índico. Em nota, o Greenpeace informou que tomará medidas legais após as declarações do ministro: “Tomaremos todas medidas legais cabíveis contra todas as declarações do Ministro Ricardo Salles. As autoridades têm que assumir responsabilidade e respondem pelo Estado de Direito pelos seus atos”.

 

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum