terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Bolsonaro faz coro com Weintraub e critica Paulo Freire

Em transmissão ao vivo nas redes sociais nesta terça-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro e seu ministro da Educação, Abraham Weintraub, comentaram sobre os resultados do Brasil no último ranking do Pisa, que avalia a qualidade da educação em diferentes países do mundo, e culparam o ex-presidente Lula pela colocação brasileira. O presidente aproveitou para criticar o educador Paulo Freire, patrono da educação brasileira, citando-o como “patrono de Lula”.

“Quem é o patrono do Lula na educação?”, questionou Bolsonaro ao ministro, após críticas de Weintraub ao ex-presidente. “Paulo Freire. Não deu certo! Tem que ter humildade para reconhecer que não deu certo.

“O que a gente vê como resultado de 20 anos de Paulo Freire? O Brasil é o úlitmo da América do Sul”, continuou Weintraub. “Todo mundo que usa métodos não científicos está mal no ranking”, alegou.

O ranking do Pisa de 2018, divulgado em dezembro do ano passado, leva em consideração três áreas do conhecimento: leitura, matemática e ciências. Este é um exame que trabalha com interpretação de texto e tem um viés interdisciplinar. O diferencial deste ranking com relação aos demais é que o foco não é o conhecimento específico e objetivo, como sustenta Weintraub, mas sim como o aluno relaciona as áreas de conhecimento entre si e qual é seu nível de pensamento crítico.

 

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.