Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
13 de dezembro de 2019, 18h02

Bolsonaro fecha 2019 com 39% de Ruim/Péssimo em pesquisa voltada a investidores

Levantamento mostra também que o ex-presidente Lula possui avaliação positiva maior que o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o apresentador Luciano Huck

Foto: José Cruz/Agência Brasil

Levantamento realizado pelo instituto Ipespe para a XP Investimentos mostra que o presidente Jair Bolsonaro encerra seu primeiro ano de governo com 39% de avaliações Ruim/Péssimo. A pesquisa revelada nesta sexta-feira (13) mostra também que o ex-presidente Lula possui uma avaliação positiva superior à do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A perspectiva negativa sobre o governo Bolsonaro não se alterou entre novembro e dezembro, apresentado exatamente os mesmos índices nos dois meses. São 39% avaliando o governo como Ruim/Péssimo, 35% como Bom/Ótimo e 25% como Regular. Desde maio a avaliação negativa é maior que a avaliação positiva.

Apesar do panorama seguir igual, a quantidade de “otimistas” diminuiu. Se nos dois últimos meses eram 46% os que enxergavam que o restante do mandato de Bolsonaro seria Bom/Ótimo, agora esse número caiu para 43%. O Ruim/Péssimo aumentou de 32% para 34%.

O levantamento aponta também que a avaliação positiva do ex-presidente Lula só perde para o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e para Bolsonaro. 44% tem uma visão positiva de Lula, enquanto Bolsonaro registra 50% de visão positiva e Moro 53%. Lula supera figuras como o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o apresentador Luciano Huck. Por outro lado, Lula é quem tem a maior avaliação negativa junto a Fernando Haddad, com 42%.

A pesquisa foi feita por telefone e entrevistou 1000 pessoas entre os dias 9 e 11 de dezembro.

Confira a íntegra do levantamento:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum