Bolsonaro garante Guedes no cargo e volta a defender privatizações

Ministério de Guedes sofreu duas novas baixas nesta terça-feira, chegando a 5 demissões de assessores da pasta em 2 meses

O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) publicou em suas redes sociais, na manhã desta quarta-feira (12), post ilustrado com foto ao lado dos ministros da Economia, Paulo Guedes, e da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas.

Na legenda, Bolsonaro faz, mais uma vez, veemente defesa das privatizações e afirma que “o presidente e seus ministros continuam unidos e cônscios da responsabilidade de conduzir a economia e os destinos do Brasil com responsabilidade”.

https://www.facebook.com/jairmessias.bolsonaro/posts/2048998638582445?cft[0]=AZVJNKLG8CEBuid-zDSzgyovwiJaEssBnt4_zgiCdFQHBDysLbH4iDzyNUL5Mn1VINzKszW7MgrIrqb6RQxEr8kdrrt3RecVc9UDOWBteKHHx8zTZO-OTocA1gXed6PqWNoNhuBwliFwn3FZCrmIfpx3Ef6CVBkDnjcGwkVOjexEiw&tn=%2CO%2CP-R

A postagem de Bolsonaro ocorre um dia depois do ministério de Guedes sofrer duas novas baixas nesta terça-feira (11), chegando a 5 demissões de assessores da pasta em 2 meses. Com críticas ao governo, Salim Mattar, secretário de Desestatização, e Paulo Uebel, de Desburocratização, pediram para sair.

Segundo informações do jornalista Igor Gadelha, da CNN Brasil, Mattar decidiu sair por discordar da postura do governo em relação às privatizações enquanto Uebel abandonou o barco por conta da decisão de Guedes de adiar a reforma administrativa para 2021.

As demissões forçaram Guedes a comentar sobre o assunto em coletiva de imprensa marcada após encontro com Rodrigo Maia sobre o Teto de Gastos. “A nossa reação à debandada que aconteceu hoje é acelerar as reformas. Nós vamos privatizar, nós vamos insistir nesse caminho, nós vamos lutar, nós vamos destravar os investimentos”, disse Guedes.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.