Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
30 de dezembro de 2019, 09h35

Bolsonaro gastou 1.708 reais por hora no cartão corporativo

As contas foram realizadas pelo deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e significam quase 2 salários mínimos por minuto

Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Mesmo com a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) para que os gastos do governo fossem revelados, Jair Bolsonaro preferiu manter sob sigilo as despesas presidenciais. No entanto, sabe-se que R$ 14,9 milhões foram gastos com cartões corporativos no primeiro ano de mandato do ex-capitão, o que equivale a R$ 1.708 por hora.

O valor consta no Portal da Transparência do Governo Federal e é o maior registrado pela Presidência desde 2014. No Twitter, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) fez as contas para trazer outras leituras ao número.

Bolsonaro gastou R$ 14,9 milhões com cartão de crédito corporativo em 2019: R$ 1,240 milhão por mês, R$ 41 mil por dia e R$ 1.708 por hora. Sim, é isso que você leu. Jair Bolsonaro gasta apenas com cartão de crédito bancado pelo povo brasileiro R$ 41 mil por dia!”, revelou.

A decisão recente do STF derrubou um decreto militar de 1967 que amparava a decisão de não divulgar as despesas da Presidência. No entanto, Bolsonaro até então não alterou o procedimento e, como justificativa, o presidente afirma que utiliza outra legislação, a Lei de Acesso à Informação (LAI).

“Sobre o assunto, cabe esclarecer que a legislação utilizada pela Presidência da República para classificar as despesas com grau de sigilo é distinta daquela que foi objeto da decisão do STF”, disse, em nota, a assessoria de comunicação do Palácio do Planalto.  Na lei citada pelo governo, há a justificativa de preservação da “segurança da sociedade ou do Estado” através do sigilo das contas.

 

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum